Depois de ameaças de organizações criminosas — que pretenderiam realizar ataques na Comunidade do Lagamar —, da prisão de integrantes de facção e da ocupação pela Polícia Militar, ontem, houve disseminação de série de boatos sobre o clima na região. 

Durante todo o dia, circularam mensagens e áudios atribuídos a facções ordenando o fechamento de alguns pontos comerciais, escolas e estabelecimentos públicos na área. Um morador do bairro Alto da Balança — do qual o Lagamar faz parte — afirmou que circularam mensagens pela rua para que as pessoas não saíssem de casa. “Disseram (traficantes) que não era pra ninguém sair. Minha neta não foi estudar hoje”, comentou.

O único lugar que fechou, identificado pela equipe do O VOZ DO CEARA ontem à tarde, foi o Posto de Saúde César Cals de Oliveira, na rua Capitão Aragão, que encerrou o expediente às 13 horas. Moradores das proximidades informaram que houve a ordem de fechamento do local por parte do tráfico. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou o encerramento das atividades mais cedo e afirmou que a direção tomou a decisão por “precaução e segurança”.


Apesar dos boatos e ameaças, a maioria das escolas e estabelecimentos da área teve funcionamento normal. Somente em alguns pontos a movimentação foi alterada com presença policial e baixa frequência de alunos, informaram moradores.


As escolas visitadas pelo
O VOZ DO CEARA ontem — Escola Estado do Pará, Escola Yolanda Queiroz e Escola Circulista de Jesus — estavam funcionando. Em algumas, houve relato de frequência bem menor devido à circulação das mensagens. Não foi encontrada nenhuma escola fechada. Por meio de nota, a Secretaria Municipal da Educação (SME) informou que todas as escolas da região do Lagamar funcionaram normalmente nos últimos dias. “Em turnos pontuais, os pais optaram por não levar os filhos”, comunicou a nota.

Perseguição

Na manhã de ontem, uma perseguição foi registrada na região, mas nada tinha a ver com o movimento de organizações criminosas. Houve um crime de violência contra a mulher, enquadrado na Lei Maria da Penha, na área. O homem agredia a mulher e acabou preso. 

 

No fim da tarde, o Comando de Policiamento da Capital (CPC), em parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), implantou uma blitz na esquina das ruas Capitão Aragão e Capitão Olavo, no bairro Alto da Balança. De acordo com o sargento que se identificou apenas como Aleixo, a blitz tinha o objetivo de realizar abordagens e desarmamento. (colaborou Jéssika Sisnando)

 

Saiba mais


Localização

O Grande Lagamar abrange os bairros Alto da Balança, Aerolândia e Tauape, nas regionais II, IV e IV. 

 

Prisão 

Três armas de fogo, entre elas uma submetralhadora, foram apreendidas por uma composição da Polícia Militar, na última quinta-feira, 3, na Comunidade do Lagamar. Três homens foram presos e um adolescente foi apreendido. Grupo da Cidade de Deus pretendia executar pessoas no Lagamar e participou de vídeos com ameaças aos oponentes.

Mudança

Quando O VOZ DO CEARA esteve no Lagamar na quinta-feira, a equipe constatou a mudança de uma família ameaçada de morte.

Advertisements