image

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, anunciou nesta segunda-feira que a Copa do Mundo do próximo ano terá os ingressos mais baratos da história da competição.Segundo homem na hierarquia da entidade, o cartola francês disse que 70% dos bilhetes do torneio terão o preço mais em conta do que os últimos Mundiais. O desconto não vai contemplar a abertura do torneio e os jogos das fases finais.A Fifa pretendia anunciar nesta segunda-feira o valor dos ingressos para o Mundial. A divulgação foi adiada para o dia 19.

image

Valcke fala durante entrevista:

O barateamento dos preços dos ingressos é uma tentativa do governo de reduzir a oposição da população ao Mundial. Executivos da Fifa ficaram assustados com as manifestações pelas ruas no país no mês passado.”A Copa do Brasil terá o ingresso mais barato da história. Setenta por cento dos ingressos serão realmente baratos”, disse o francês.Assim como o presidente da Fifa, Joseph Blatter, Valcke não quis nesta segunda-feira dar uma nota para a organização da Copa das Confederações.”Essa não é uma tarefa minha. Não sou o senhor Blatter”, afirmou o dirigente. Antes, ele havia declarado que podia dizer que “a Copa das Confederações foi 80%”.Em 2007, Valcke trabalhou na vitoriosa candidatura brasileira para ser sede da Copa de 2014. Em fevereiro, a Folha revelou que o cartola atuou como consultor da campanha brasileira para receber o Mundial. Na época em que trabalhou na candidatura do Brasil, o executivo francês havia perdido o emprego na Fifa. Ele era diretor de marketing e TV da federação
Ele recebeu US$ 100 mil dos brasileiros e trabalhou para o órgão comandado por Ricardo Teixeira até ser nomeado secretário-geral da entidade, em junho de 2007.

image