A ex-titular da Secretaria Executiva Regional do Centro, Luiza Perdigão, em mensagem enviada ontem ao governador Cid Gomes (PSB), reafirma que teve um email “violado por alguém numa invasão de privacidade”. “Somente para reforçar que eu nunca repassei o email que enviei ao Senhor para a Secretária Luciana Castelo. O Deputado Antonio Carlos está mentindo. A cópia do email impressa do referido email foi mostrado pela Prefeita (Luizianne Lins) ao Alberto (meu marido). Na ocasião ela perguntou a ele se havia sido ele o autor do texto. E que eu a havia traído, apunhalando-a pelas costas. Pode sustentar que aquele email foi aberto por alguém numa invasão de privacidade”, explicou Luiza na mensagem que foi repassada ao O POVO por meio da assessoria de comunicação do governador. Na última sexta-feira,6, Cid foi à Assembleia Legislativa rebater denúncias do deputado Eudes Xavier (PT) de que estaria espionando o ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR). Na ocasião, o governador afirmou que foi alertado por amigos de que estaria tendo sua conta de email violada. Uma dessa pessoas foi a ex-secretária Luiza Perdigão. Cid disse que Luiza havia enviado um email para ele. Dias depois, segundo o governador, a própria Luiza o informou de que Luizianne havia obtido uma cópia do email e então feito cobranças à Luiza. “A Luiza Perdigão viu nas mãos da prefeita a cópia de um email meu”, salienta Cid. Braço direto de Luizianne na Assembleia, o deputado Antonio Carlos (PT) afirmou que foi a própria Luiza quem encaminhou a mensagem à sua sucessora, Luciana Castelo Branco, que teria a repassado para a ex-prefeita Luizianne Lins. Versão que Luiza Perdigão nega.

Advertisements